Shimano Fest 2019

A edição de aniversário dos 10 anos do maior Festival de Bicicleta da América Latina será de 22 a 25 de agosto, no Memorial da América Latina, sendo os dois primeiros dias fechados para lojistas, e os outros dois, no fim de semana, destinado ao público. Gratuito, como nas edições anteriores, com a única solicitação da contribuição de um quilo de alimento não perecível na entrada, o Shimano Fest enfatiza mais ainda o peso e a importância do segmento e indústria da bicicleta na economia das cidades e do País. Prova disso é que em 2019 o Memorial será todo do mundo das magrelas. Se em 2018 foram mais de mil bicicletas entrando logo pela manhã do domingo, 2019 promete superação. Serão novas áreas, com atrações diferentes, roda-gigante, passarela exclusiva para pedestres e o crescimento de mais de 5.000 metros quadrados, sendo 4.800 deles de área coberta (que abrangem o Espaço Mulher e o Kids). Essas mudanças estruturais alcançam lojistas também. Será criado o Espaço Trend, que comporta lojistas de pequeno porte, com espaços de 4 metros quadrados a R$ 1.500 pela área alugada. Outra novidade é o portal do expositor. Nele conterão todas as informações necessárias para quem deseja informações de credenciamento, comercialização, entre outras, concentradas nessa ferramenta, disponível a partir de 22 de abril.

Informação

Nome do evento:

Shimano Fest 2019

Data de início:

22 de agosto 2019

Data final:

25 de agosto 2019

Organizador

Shimano Latin America

Local

Memorial da América Latina

Memorial da América Latina

Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664
Barra Funda
01156-001 - São Paulo
Brasil

A Praça Cívica é um imenso espaço aberto que une os prédios da Galeria Marta Traba, da Biblioteca Latino-americana Victor Civita e do Salão de Atos. Sua vocação é o encontro de multidões. Com capacidade para pelo menos 30 mil pessoas, aqui acontecem festas típicas dos países do continente e das regiões brasileiras, shows populares, festivais, oficinas e espetáculos variados. Da outra ponta da Praça Cívica sai a sinuosa passagem – conhecida por Passarela do Amor, devido aos casais que lá namoram – até a outra metade do Memorial. É onde ficam o Pavilhão da Criatividade, a Lanchonete, a Administração/CBEAL, o Auditório Simón Bolívar e o Anexo dos Congressistas. Conforto, segurança e acessibilidade: este é o tripé que rege a funcionalidade do novo auditório Simón Bolívar, com mais atrações, espaço multiuso e 1.788 poltronas (1009 na plateia A e 779 na plateia B) com todos os requisitos de modernidade. Ao lado do Auditório Simón Bolívar, o Anexo dos Congressistas é um espaço destinado a atividades acadêmicas, diplomáticas, encontros intelectuais, pequenas exposições e comemorações de datas nacionais, que podem ser realizadas no Auditório Mário de Andrade, com capacidade para 100 lugares. Compõe o espaço uma confortável sala de reuniões para 80 pessoas, em que está instalado o painel Futura Memória, da artista Maria Bonomi.

Atualizado: